fbpx

Aurora Coop recebe comitiva japonesa e reforça liderança no mercado de carne suína

Aurora Coop reforça sua liderança no mercado de carne suína ao receber uma comitiva japonesa, destacando parcerias e investimentos para atender às exigências do mercado.

comitiva-japonesa-visita-aurora-para-exportacao-de-carne-suina-ascenda-digital-noticias
Comitiva formada por representantes da maior importadora de carnes do Japão conheceram duas unidades de processamento de cortes da Aurora Coop, em Chapecó/SC (Foto: MB Comunicação).

Uma comitiva formada por representantes da maior importadora de carnes do Japão – a NH Foods – e a rede de restaurantes Maisen conheceu, na última semana, duas unidades de processamento de cortes especiais para exportação da Aurora Coop, em Chapecó (SC). O grupo esteve em uma unidade frigorífica de aves e em outra de suínos para acompanhar o trabalho desenvolvido para atender à especificidade dos produtos ao mercado japonês.

A Aurora Coop é a principal fornecedora de carnes suínas e de aves para a NH Foods – maior importador de carnes do Japão. A indústria processa e distribui para cadeia de restaurantes, supermercados e food service.

Os membros da comitiva foram recebidos pelo diretor-presidente da Aurora Coop, Neivor Canton, pelo diretor de mercado externo Dilvo Casagranda, pelo trader para o mercado japonês Waldemiro M. Junior e pelo pesquisador Rogério Alexandre Da Silva.

Fizeram parte do grupo o diretor NH Foods Shuichi Toda, o CEO da Maisen Katsuhide Kunihiro, o gerente de compras da Maisen Toshiyuki Suzuki, o presidente da NH Foods Chile Shuhei Hamada, o supervisor do departamento de Frozen Pork da NH Foods Tomohide Hashi, o representante de vendas NH Foods Chile Arisa Kawabata e, da Prime Trading, Kenzo Nakata e Anderson Suzuki.

Adicione o texto do seu título aqui

Diretor de mercado externo, Dilvo Casagranda (Foto: MB Comunicação).

Dilvo Casagranda explicou que, desde 2018, a Aurora Coop trabalha intensamente para atender às exigências do mercado japonês. “A iniciativa faz parte de um projeto realizado em parceria com a NH Foods, que oferece apoio técnico e orienta sobre suas necessidades. A Aurora Coop busca atender essas demandas e conquistar espaço no mercado japonês”.

O diretor de mercado externo salientou, ainda, a importância dessa parceria para a Aurora Coop e para o Brasil, por ser um mercado que se mantém estável e consolidado. O Japão é um grande importador de carne suína e demanda produtos muito específicos, que necessitam de investimento expressivo e trabalho intenso para atender a essas demandas.

“Importante para nós, da Aurora Coop e para o Brasil, é contar com um mercado estável e consolidado como esse. Ao conferirmos o histórico, observamos que o Japão importa cerca de um milhão de toneladas todos os anos de várias partes do mundo. O Brasil começou a acessar esse mercado há pouco e, portanto, é necessário fazer um bom trabalho. Precisamos ampliar o atendimento para obter uma fatia maior desse mercado”, frisou ao comentar que se trata de um mercado estável e demorado para conquistar, mas depois disso há uma estabilidade de trabalho.

Para atender à demanda do mercado japonês, que é muito específico, detalhado e de produtos elaborados, a Aurora Coop investiu R$ 40 milhões em estrutura física em uma de suas unidades chapecoenses. O investimento contemplou uma sala específica para produzir cortes ao Japão, que ocupa mais de 400 pessoas.

A carne suína processada pela Aurora Coop fez parte, em 2023, de 22,23% das exportações brasileiras, com grande representatividade no setor de proteínas importadas pelo Japão. “O cliente veio conhecer os procedimentos da Aurora Coop e demonstrou satisfação com o que está recebendo. Elogiou os produtos específicos que adquire conosco e comentou que somos o principal fornecedor. Isso é motivo de orgulho, especialmente em um mercado reconhecido como o mais exigente da carne suína no mundo”, evidenciou o responsável pelas vendas no mercado japonês, Waldemiro Junior.

O grupo de visitantes também ressaltou a importância de manter os padrões de qualidade, uma vez que isso tem um impacto direto na eficiência das empresas parceiras no atendimento ao consumidor final. O diretor da NH Foods, Shuichi Toda, destacou a evolução da cooperação com a Aurora Coop desde 2018 e mencionou o expressivo progresso até 2024. “Quando firmamos a parceria, o pedido era de cerca de 300 toneladas mensais. Hoje, durante a visita, recebemos a informação de que, neste ano, conseguiremos atingir o volume de aproximadamente 3.000 toneladas por mês.”

O dirigente também frisou que a empresa parceira (Maisen) utiliza o produto Aurora há mais de três anos e vem aumentando o volume da marca em razão da excelência e qualidade. “A Maisen surgiu em 1965. Seu principal produto é o sanduíche de filezinho empanado – o mais vendido no Japão. Quarenta e três por cento das matérias-primas desse produto são fornecidas pela Aurora Coop”, salientou o CEO da Maisen, Katsuhide Kunihiro.

Todos os participantes reforçaram o alto grau de comprometimento das empresas, conduta ética e responsável, confirmando a continuidade da evolução do projeto e fortalecimento da parceria.

Ao todo, foram 15 municípios atendidos com 100% do subsídio dos juros, com um montante de financiamento na ordem de R$ 71,3 milhões. Foram 556 micro e pequenas empresas atendidas nas cidades que decretaram calamidade pública pelo Pronampe Emergencial SC.

O BRDE e o Governo do Estado iniciaram as tratativas para uma nova fase do programa em 2024. A ideia é tornar o Pronampe SC uma ação permanente de ajuda aos micros e pequenos empresários em Santa Catarina. A proposta inclui condições diferenciadas para os municípios com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), além de beneficiar setores como inovação e produtores rurais.

Fonte: MB Comunicação

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore