fbpx

Avião vira hotel voador! E a diária beira os R$ 2 milhões; veja!

O serviço, chamado Fly Five, parte sempre de Dubai e traz aos viajantes experiências de luxo a bordo do hotel de luxo com asas
(Imagem: Divulgação/Five Hotels)

A Five Hotels – empresa com sede em Dubai (Emirados Árabes) e especializada em acomodações e resorts de luxo – transformou um avião do modelo Airbus A220 num hotel voador. Isso porque a aeronave realmente virou um hotel de luxo com asas.

Para quem tem pressa:

  • A Five Hotels, empresa de Dubai, transformou um avião Airbus A220 num hotel voador seis estrelas;
  • O serviço, chamado Fly Five, parte sempre de Dubai e traz aos viajantes experiências de luxo a bordo da aeronave;
  • Normalmente, essa aeronave leva até 100 passageiros – mas, com as modificações da Five Hotels, número caiu para 18;
  • A ideia com o avião é oferecer mais um espaço para festas e reuniões do que para se hospedar e descansar, segundo a empresa;
  • O serviço sai pela bagatela de US$ 14 mil (aproximadamente R$ 70 mil, na cotação atual) por hora – ou seja, uma diária custaria em torno de R$ 1,7 milhão (em conversão direta).
 

O serviço, chamado Fly Five, parte sempre de Dubai e traz aos viajantes experiências de luxo a bordo da aeronave. É como se fosse um hotel voador seis estrelas.

Como é o hotel voador

(Imagem: Reprodução/Five Hotels)

Ao entrar no avião, o cliente se sente numa suíte do Hotel Five, bem diferente das customizações normalmente feitas nos jatinhos. Isso é possível graças ao tamanho do A220.

Em sua configuração comercial, esse avião pode levar até 100 passageiros. Mas, com a customização da Five, esse número caiu para 18. Ou seja, sobra espaço para muito – mas muito – conforto.

Além dos 18 lugares, há espaço para uma mesa de jantar que abriga oito pessoas, suíte master com frigobar, chuveiro e cama king size e um ambiente com TV de 55 polegadas.

O hotel voador também traz uma cozinha para que a tripulação possa preparar seus quitutes aos “hóspedes”. Segundo a Five, a ideia com o avião é oferecer um espaço para festas e reuniões, mais do que propriamente um local para se hospedar e descansar.

Capacidade e preço nas nuvens

(Imagem: Divulgação/Five Hotels)

Com a mudança de configuração da aeronave, sua autonomia aumentou drasticamente, proporcionando 12 horas de voo, segundo a empresa. Os dados da Airbus sugerem que, na configuração executiva, o A220 possa voar por mais de dez mil quilômetros.

Utilizar o serviço Fly Five sai pela bagatela de US$ 14 mil (aproximadamente R$ 70 mil, na cotação atual) por hora. Por exemplo, se você fosse reservar uma diária no hotel voador, sairia por US$ 336 mil. Em conversão direta, isso dá nada menos que aproximadamente R$ 1,7 milhão!

Com informações de Five Hotels

Fonte: Pedro Borges Spadoni / Olhar Digital

 
Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore