fbpx

Cientistas conseguem produzir etanol usando fotossíntese; entenda

Tanto o etanol quanto o propanol produzidos são combustíveis de alta densidade energética e renováveis, segundo os pesquisadores
(Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, descobriram como produzir combustíveis – no caso, o etanol e propanol – para carros usando a fotossíntese. Esse é o mesmo processo que as plantas utilizam para produzir energia (glicose) a partir da luz solar, usando gás carbônico retirado da atmosfera e água – e liberando oxigênio como subproduto.

Para quem tem pressa:

  • Cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, descobriram como usar fotossíntese para produzir etanol e propanol;
  • Eles produziram combustíveis usando “folhas artificiais” inspiradas nas plantas de verdade;
  • Essas folhas produziram os combustíveis usando a luz solar, água e CO2;
  • Os cientistas afirmam que tanto o etanol quanto o propanol produzidos são combustíveis de alta densidade energética e renováveis;
  • Agora, os cientistas trabalham para otimizar a captação de luz solar e o seu catalisador, evoluindo assim para uma escala de produção industrial.

A equipe de pesquisa, liderada pelo professor Erwin Reisner, do Departamento de Química de Yusuf Hamied, conseguiu produzir combustíveis usando suas “folhas artificiais”, de acordo com o estudo, publicado pela Nature Energy. Inspiradas nas plantas de verdade, essas folhas produziram etanol e propanol usando a luz solar, água e CO2.

Etanol com fotossíntese: como é possível?

(Imagem: José Cruz/Agência Brasil)

Agora, com a utilização de um novo catalisador à base de cobre e paládio, os pesquisadores conseguiram fazer a sua folha produzir etanol e propanol líquidos numa única etapa. E sem a produção de gás de síntese em uma fase intermediária.

“Normalmente, quando você tenta converter CO2 em outro produto químico usando um dispositivo de folha artificial, quase sempre obtém monóxido de carbono ou gás de síntese. Mas aqui conseguimos produzir um combustível líquido prático apenas usando a energia do sol. É um avanço empolgante que abre novos caminhos em nosso trabalho.”

Dr. Motiar Rahaman, o primeiro autor do artigo

Os cientistas afirmam que tanto o etanol quanto o propanol produzidos são combustíveis de alta densidade energética e renováveis. O melhor é que não necessitam de preparação para o armazenamento nos postos ou para o funcionamento dos motores dos carros.

Próximos passos

(Imagem: José Cruz/Agência Brasil)

O objetivo dos pesquisadores agora é fazer o processo ser mais eficiente. Por enquanto, as folhas produzem combustível em escala laboratorial. Mas os cientistas já trabalham para otimizar a captação de luz solar e o seu catalisador, evoluindo assim para uma escala de produção industrial.

“Embora ainda haja trabalho a ser feito, mostramos o que essas folhas artificiais são capazes de fazer. É importante mostrar que podemos ir além das moléculas mais simples e fazer coisas que são diretamente úteis à medida que nos afastamos dos combustíveis fósseis.”

Erwin Reisner, líder da equipe de pesquisa e professor do Departamento de Química de Yusuf Hamied

Além disso, os cientistas defendem que o etanol e o propanol sintéticos são alternativas melhores que suas versões tradicionais, produzidas a partir de plantas como a cana-de-açúcar e milho.

O principal argumento à favor dos e-fuels é que eles são igualmente neutros em carbono. Mas são feitos em usinas, não utilizando plantações que poderiam estar sendo usadas para o plantio de outras culturas.

Com informações de Nature Energy

Fonte:Por Pedro Borges Spadoni, editado por Bruno Capozzi / Olhar Digital

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore