fbpx

Com previsão de R$ 3 milhões para P&D em 2024, Dígitro lança sistema próprio de IA

Empresa catarinense de tecnologia dobrou orçamento de inteligência artificial no ano passado e espera usar tecnologia de maneira preditiva no atendimento a clientes

Foto: José Somensi/Divulgação

Dígitro, uma das pioneiras do mercado de tecnologia em Florianópolis (SC), lançou nesta semana um sistema proprietário de Inteligência Artificial para atendimento ao cliente e também anunciou investimento de R$ 3 milhões na área de Pesquisa & Desenvolvimento em IA neste ano. A ferramenta, combinada com outras soluções de comunicação e atendimento, promete antecipar e identificar sentimentos envolvidos nas relações entre empresas e seus consumidores. O objetivo da aplicação é  identificar a força do relacionamento entre as partes para gerar insights de atendimento, antecipando ao atendente o nível de satisfação do cliente que está em contato com a empresa, permitindo o ajuste do script para um serviço de retenção, recuperação ou oferta de novos produtos.

Segundo Agenor Junior, gerente de Produto e Inovação da Dígitro, “o investimento em pesquisa e desenvolvimento em inteligência artificial na Dígitro dobrou no último ano e em 2024 estamos chegando à R$ 3 milhões, possibilitando alcançar uma solução que analisa o tom de conversas a partir de dados do chat e voz. Dessa forma, consegue avaliar o sentimento do cliente naquela comunicação, o nível de cordialidade do atendente, a efetividade do contato para a resolução de necessidades do consumidor, gerando, ao final, um resumo do atendimento e uma classificação automática da chamada”, explica Agenor.

A Dígitro já oferece solução como desenvolvimento de bots, plataformas de contact center que recebem chamados a partir de diferentes fontes como as redes sociais, site, e-mail e telefonia e gerenciam o relacionamento, organizando dados estruturados sobre o cliente. E a IA é vista como uma oportunidade de longevidade maior nos contratos, comenta o gerente. “A tendência do mercado é o desenvolvimento de relações prolongadas e, para que isso ocorra, o mercado precisa de inteligência para identificar e prever possíveis cancelamentos e desistências”, conclui Agenor.

A companhia é líder no setor de Segurança Pública e tem contribuições importantes para a Defesa Nacional como Empresa Estratégica de Defesa (EED), certificada pelo Ministério da Defesa.  

Fonte: Redação SC Inova, com informações da Assessoria de Imprensa

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital

No Brasil, os investimentos no último ano totalizaram 455 negócios e um volume aportado de US$ 1,9 bilhão. Com base nesses dados, o país representou 61,2% dos investimentos na região latino-americana em termos de quantidade de negócios.

Ao considerar as 455 rodadas mapeadas, o número indica uma redução de 51,1% no volume de deals em comparação com o ano anterior. Em termos financeiros, o último ano também apresenta uma diminuição significativa de 56,8%.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore