fbpx

Criação de imagem: DALL-E 3 ganha integração com ChatGPT

(Imagem: Varavin88 / Shutterstock)

OpenAI anunciou o lançamento da terceira versão da plataforma de IA geradora DALL-E. Com a atualização, o DALL-E 3 tem integração com ChatGPT, mais segurança para não recriar figuras públicas ou copiar obras de artistas, e entende melhor as solicitações dos usuários para criar imagens e artes visuais.

DALL-E 3

O DALL-E é a plataforma de IA geradora de conversão de solicitações em texto para imagens.

No entanto, o DALL-E 2 (a segunda versão da IA) ainda não era preciso em relação às solicitações que recebia, muitas vezes ignorando palavras específicas e criando resultados diferentes do solicitado. Pesquisadores da OpenAI disseram que o DALL-E 3 entende o contexto melhor.

A nova versão será lançada primeiro para usuários do ChatGPT Plus e ChatGPT Enterprise em outubro. Depois, chegará aos serviços de API ainda este ano. A OpenAI não deu uma data para quando o recurso chega ao público geral.

Dall-E 2 chegou ao público em outubro de 2022 (Foto: Diego Thomazini / Shutterstock.com)

Integração com ChatGPT

  • Outra novidade do DALL-E 3 é a integração com o ChatGPT.
  • A plataforma funciona melhor com solicitações em textos mais longos e detalhados, mas, caso o usuário não queira fazê-lo, é possível pedir ao ChatGPT que escreva a descrição e, então, ao DALL-E que desenvolva a arte.
  • O site The Verge chegou a ver uma demonstração do recurso. Aditya Ramesh, pesquisador principal e chefe da equipe DALL-E, pediu o ChatGPT que o ajudasse a criar um logotipo de um restaurante de ramen nas montanhas. A IA fez a descrição completa baseada na única frase e o DALL-E 3 apresentou quatro opções de artes baseadas com o texto.
  • Segundo a OpenAI, a integração permite que as pessoas criem boas artes mesmo sem ser boas em criar boas “solicitações” (afinal, o ChatGPT e o DALL-E dependem de uma linguagem precisa).

Segurança no DALL-E 3

Ainda, o DALL-E 3 terá medidas de segurança reforçadas.

A OpenAI quer evitar a criação de imagens obscenas, preconceituosas ou de ódio no geral e, para isso, trabalhou para que o modelo de linguagem da IA ignore palavras abusivas ou violentas.

Além disso, a plataforma não vai criar imagens de figuras públicas quando seus nomes forem mencionados diretamente ou imitações de obras de artistas. Pelo menos é o que promete a OpenAI.

Fonte: Olhar Digital / Por Vitoria Lopes Gomez, editado por Bruno Capozzi

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore