fbpx

De aceleradora de ideias a incubadora de startups: novo projeto da Esag Ventures abre inscrições

Negócios selecionados terão residência de um ano em nova estrutura dedicada a incubação de empresas. Inscrições encerram em 21.05.

Foto: Divulgação

A Esag Ventures, da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), que desde 2021 mantém uma aceleradora de ideias de negócios, passa a contar agora também com uma incubadora de startups. O novo projeto oferecerá residência de um ano para negócios inovadores – preferencialmente que já tenham passado pelo projeto de aceleração – com acesso a estrutura física, acompanhamento e direcionamento para as empresas residentes.

As equipes interessadas em participar devem ter entre seus membros pelo menos um estudante ou egresso dos cursos de Administração, Economia ou Administração Pública da Udesc Esag. 

O projeto de Incubação de Novos Negócios prevê duas modalidades de residência (dedicada e compartilhada) para as empresas selecionadas. Nos dois casos, as equipes residentes terão acesso a estrutura física (espaço de trabalho, sala multimeios para reuniões e treinamentos, conexão de internet gratuita) e apoio da Esag Ventures no acompanhamento e direcionamento do negócio.

Serão selecionadas cinco empresas para a modalidade de Residência Dedicada. Elas poderão usar uma sala mobiliada, com quatro estações de trabalho, só para a empresa. Já a modalidade de Residência Compartilhada, para a qual serão selecionadas outras três empresas, prevê o uso de até duas estações de trabalho, em espaço de coworking. 

As empresas selecionadas para a residência no projeto de incubação usarão o novo espaço físico da Esag Ventures, dentro da Udesc Esag, no campus da universidade na Avenida Madre Benvenuta, em Florianópolis. O espaço de 170 metros quadrados inclui as salas e postos de trabalho para as empresas, sala multimeios (com oito mesas, computador e TV) e um “ambiente de descompressão”, para os momentos de intervalo nas atividades.

Os projetos de aceleração e de incubação da Esag Ventures passam a ser complementares, explica o professor Éverton Cancellier, coordenador do programa. “A incubação estende o suporte já prestado pela Esag Ventures ao empreendedorismo dos estudantes. Agora, além de já apoiarmos a geração de ideias de negócio, com a aceleradora, acolheremos empresas em seu processo de desenvolvimento no mercado, com a incubadora”.

A Esag Ventures é um programa de ensino do Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag) da universidade, em Florianópolis, e já conta com seis startups aceleradas.

Fonte: Redação SC Inova, com informações da Assessoria de Imprensa

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital

No Brasil, os investimentos no último ano totalizaram 455 negócios e um volume aportado de US$ 1,9 bilhão. Com base nesses dados, o país representou 61,2% dos investimentos na região latino-americana em termos de quantidade de negócios.

Ao considerar as 455 rodadas mapeadas, o número indica uma redução de 51,1% no volume de deals em comparação com o ano anterior. Em termos financeiros, o último ano também apresenta uma diminuição significativa de 56,8%.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore