fbpx

Google deixa Bard ‘mais inteligente’ em 2024 – e cobra por isso

(Imagem: rafapress/Shutterstock)

Bard, chatbot do Google, deve ficar mais parecido ao ChatGPT em 2024. É que a OpenAI disponibiliza a versão mais avançada da sua inteligência artificial (IA), o GPT-4, por meio de assinatura. E o Google pretende fazer o mesmo neste ano, conforme informou o CEO Sundar Pichai na terça-feira (30).

  • O Google planeja lançar uma versão avançada do seu chatbot Bard, com a incorporação do modelo de linguagem Gemini Ultra, com planos de assinatura, conforme anunciado pelo CEO Sundar Pichai;
  • O Bard Advanced será uma versão “mais inteligente” do chatbot do Google, superior às versões anteriores em complexidade e funcionalidade, segundo Pichai – que não detalhou data de lançamento e preço da assinatura;
  • A versão gratuita do Bard, disponível em mais de 230 países, atualmente “roda” o modelo Gemini Pro, capaz de desempenhar funcionalidades em mais de 40 idiomas. A promessa é que a versão Ultra permitirá ao Bard executar tarefas ainda mais complexas.
  • Além de aprimorar o Bard, o Google trabalha para integrar o Gemini à sua ferramenta de busca. Testes iniciais mostraram redução significativa no tempo de latência.

O CEO disse, durante a divulgação dos resultados da empresa do último trimestre de 2023, que o Google vai lançar uma versão mais avançada do Bard em 2024. O “boost” ocorrerá por meio da incorporação do modelo de linguagem Gemini Ultra ao chatbot. E o acesso a ele dependerá de assinatura.

Bard Advanced

(Imagem: gguy/Shutterstock)

O Bard com Gemini Ultra – chamado Bard Advanced (“Bard Avançado”) – terá a maior quantidade de parâmetros entre os três “tamanhos” da IA do Google (Nano, Pro e Ultra). Essa versão Ultra da IA era aguardada desde dezembro de 2023, quando a empresa a anunciou o Gemini e informou que a disponibilizaria o chatbot mais avançado.

Na prática, essa espécie de fusão anunciada por Pichai significa que o chatbot do Google conseguirá realizar tarefas mais complexas. Ou seja, quem pagar vai ter acesso à versão “mais inteligente” do Bard. Mas o CEO não informou quando será o lançamento do Bard Advanced nem quanto sua assinatura vai custar.

Atualmente, a versão gratuita do chatbot do Google roda o Gemini Pro, voltado para serviços conectados à internet. “O Bard agora é alimentado com o Gemini Pro e ganhou mais capacidade em aspectos como compreensão, resumo, raciocínio, codificação e planejamento. Ele está disponível em mais de 40 idiomas e mais de 230 países ao redor do mundo. Olhando para o futuro, vamos lançar uma versão ainda mais avançada para assinantes com a tecnologia Gemini Ultra”, disse Sundar Pichai.

Além da integração do Gemini ao chatbot, o CEO citou a “fusão” da IA com a Busca do Google. Segundo Pichai, os primeiros testes da Experiência de Pesquisa Generativa (SGE na sigla em inglês) do Google registraram redução de 40% no tempo de latência. “O Gemini nos oferece uma ótima base. Ele já demonstra capacidades de última geração e só vai melhorar”, disse.

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore