fbpx

Joaçaba é o quarto município do Brasil a adotar Método IntraAct na Rede Municipal de Ensino

A Administração Municipal, por meio da Secretaria de Educação de Joaçaba, adotou no mês de maio o Método IntraAct na educação dos alunos da  Rede Municipal de Ensino, sendo o quarto município do país a adotar esta metodologia e primeiro no Sul do Brasil. 

Nesta terça-feira (15), autoridades do município tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais deste método desenvolvido na Alemanha, que através de estímulos inteligentes, pautados na Neurociência, tinha como propósito melhorar o desempenho escolar dos alunos da Educação Especial.  “Estamos sempre atentos às necessidades do ensino de nossos alunos e sempre visando assegurar de forma plena o acesso à Educação e de transformar vidas, ainda mais diante das perdas educacionais durante a pandemia, por isso investimos na alfabetização e adotamos o  Método IntraAct, que é simples, de fácil aplicação, onde o aluno em até quatro meses desenvolve a leitura, a escrita e a interpretação”, Explicou a Secretária de Educação, Rosane Kunen.

Joaçaba, com 75 dias de aplicação, já colhe bons frutos desta metodologia, que foi aplicada em três turmas, como piloto, sendo uma turma de alunos repetentes ( 3º ano), uma turma de 1º ano, e alunos que frequentam o apoio Pedagógico ( conhecido como reforço escolar), e com laudos médicos. “Na prática observamos alunos com dificuldades para se alfabetizarem, lendo, escrevendo, declamando poesias, se superando. Nossos professores encantados e felizes com os resultados, e dos pais, que estão comemorando a melhora no desempenho escolar, na autoestima, na autonomia e na alegria de seus filhos experimentarem sua nova fase de vida”, ressaltou Rosane.

O Método IntraAct é fundamentado na Neurociência Cognitiva, com comprovação em laboratórios de neuroimagem. Desenvolvido na Alemanha, ele foi criado para alfabetizar crianças com dislexia, autismo e TDAH. Quando aplicado em crianças sem dificuldades de aprendizagem, elas apresentaram construção da Consciência Fonológica em três meses e foram alfabetizadas em curto prazo de, em média, quatro meses.

Diante dos resultados positivos, gerando importantes ganhos para a Educação e para toda a sociedade, o município tem o objetivo de ampliar o método para toda a Rede em 2024.

Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura Municipal de  Joaçaba

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore