fbpx

Maior cratera de impacto de asteroide da história pode ter sido encontrada

Cratera estaria enterrada sob a Austrália e seria a maior do mundo por uma margem bem grande
Simulação de asteroide (Imagem: Shutterstock)

A Austrália pode esconder um enorme segredo embaixo de toda a sua extensão. Um artigo publicado na revista Tectonophysics revela a descoberta de uma enorme cratera de impacto de asteroides, que estaria localizada nas profundezas da Terra de Nova Gales do Sul, no sul do país.

Batizada como estrutura de Deniliquin, ela teria cerca de 520 quilômetros de diâmetro, tornando-se com folga a maior cratera do tipo encontrada no mundo. Para se ter uma noção, até o momento a estrutura de Vredefort, na África do Sul, lidera esse ranking com 300 km de largura.

A ideia da Deniliquin não é exatamente nova. Ela foi proposta pela primeira vez nos anos 90 justamente por Tony Yeates, autor do novo estudo. Em 2020, uma outra análise confirmou a existência da estrutura, mas ainda são necessários outros estudos para confirmar que a cratera foi criada por um asteroide.

Maior cratera de asteroide do mundo está oculta

Como uma cratera desse tipo passa despercebida? De acordo com o estudo, esse impacto ocorreu há muito tempo e de lá para cá muita coisa mudou.

“Quando um asteroide atinge, ele cria uma cratera com um núcleo elevado. Isso é semelhante a como uma gota de água espirra para cima de uma cratera transitória quando você deixa cair uma pedra em uma piscina”, explica o geólogo Andrew Glikson, que participou do estudo, em um ensaio do The Conversation.

Gilkson explica que com o passar dos milênios essas crateras vão sendo tomadas por sedimentos, além de terremotos que podem danificar a estrutura, dificultando sua localização.

Mas como a estrutura foi encontrada?

De acordo com os pesquisadores, o impacto causou algumas “bordas” elevadas ao redor da cratera e esse foi o elemento principal que indicou a localização da estrutura. Além disso, outros indícios como “falhas radiais” e ondulações simétrias, comuns em locais atingidos por asteroides, foram vistos.

Quando ocorreu o impacto?

A estrutura Deniliquin provavelmente estava localizada na parte oriental do grande continente Gondwana, antes de se dividir em vários continentes, incluindo a Austrália.

A estrutura de Deniliquin provavelmente foi criada no leste de Gondwana durante o final do Ordoviciano. (Crédito da imagem: Zhen Qiu et al, 2022, CC BY)

O impacto teria ocorrido então há cerca de 445 milhões de anos atrás, coincidindo com o que é conhecido como o evento de extinção em massa do Ordoviciano tardio, que eliminou 85% de toda a vida na Terra, mais do que o dobro da escala do impacto de Chicxulub que matou os dinossauros.

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore