fbpx

O que é um Neandertal e por que essa espécie foi extinta?

Semelhantes aos humanos, um Neandertal era capaz de fazer obras de arte e até se comunicar. Mas, por que foram extintos?
Imagem Shutterstock

Colonizadores de grande parte da Europa e da Ásia, os neandertais chegaram muito longe na luta pela sobrevivência. Embora sejam diferentes do Homo Sapiens, eles conquistaram territórios, organizaram-se em grupos e criaram artes.

No entanto, por muito tempo a ideia que se tinha sobre essa espécie de hominídeo era totalmente distinta. Acreditava-se que eram brutos e pouco inteligentes, sem grandes semelhanças com nós humanos. Contudo, descobertas científicas revelaram exatamente ao contrário. Entenda agora, o que é um neandertal e por que eles foram extintos.

O que é um Neandertal?

Surpreendentemente, em 1856, alguns trabalhadores que estavam nas pedreiras de calcário situada no Vale de Neander encontraram ossos semelhantes à de um animal selvagem. Eles acreditaram inicialmente que seriam restos mortais de um urso.

No entanto, estava ali a primeira prova da existência do que os cientistas chamariam depois de neandertal, uma espécie humana extinta, que marcaram longos trajetos pela terra desde sua existência, quando surgiram há 400 mil anos até a sua extinção, há 40 mil anos atrás.

Muito semelhante a ossos humanos, o que se encontrou se aproximou mais das características dos ancestrais mais modernos ou mais próximos do que o home é hoje, a condição do Homo Sapiens.

A princípio, os pesquisadores apoiaram-se na ideia de que o neandertal era um ser mais bruto, de pouco intelecto e com características mais animais, sendo mais peludos e caçadores violentos.

Porém, após inúmeras evidências, estudos provaram que, na verdade, a espécie neandertal estava mais próxima de nós, em condição humana, do que podíamos imaginar.

Foram encontrados vestígios que comprovam que um neandertal podia ter habilidades de ferramentas domésticas e de caça, criadas a partir de rochas e madeira. Além disso, acredita-se que eram capazes de confeccionar suas próprias vestes para se proteger do frio com peles de animais.

Possivelmente, o mundo do neandertal podia estar ligado a alguma espécie de espiritualidade e artifícios abstratos, pois alguns sítios arqueológicos têm figuras que representam símbolos de rituais de enterro, como alguma tradição que seguiam.

Dessa forma, isso tudo é mais uma evidência para quem se pergunta se neandertais são inteligentes. Além disso, cada ano que passa novas descobertas só endossam a ideia que eles eram muito semelhantes aos humanos.

Em 2018, pesquisadores descobriram algo ainda mais surpreendente sobre o neandertal. Artes antigas de 65 mil anos atrás, em pinturas rupestres. A descoberta só aumentou o debate dos cientistas sobre a complexa capacidade mental dessa espécie tão fascinante.

E sabe o que é mais interessante? O neandertal compartilha mais de 99% do DNA com nós humanos, confirmando mais uma prova que o Homo sapiens sapiens e os neandertais se relacionaram e até reproduziram uma espécie híbrida. Contudo, existem muitas características distintas entre essas duas espécies. Confira a seguir.

Neandertal e Sapiens: diferenças

Características físicas

A diferença mais notável entre um neandertal e um Homo Sapiens é o crânio. Isso porque os neandertais possuíam um crânio mais alongado da frente para trás e um altura proeminente da testa acima dos olhos, já o Homo Sapiens apresenta um crânio redondo. Além disso, os neandertais, tinha um nariz bem maior e um queixo pequeno.

Curiosamente os dentes de um neandertal se desenvolvida ainda na barriga da mãe. Isso mesmo, antes do nascimento, diferente do Homo Sapiens. Sem contar que neandertais também tinham dentes bem maiores.

Com ossos bem mais fortes e espessos a espécie de neandertal mostrava-se mais fisicamente preparada e disposta do que os sapiens. O formato do peito deles também era bem diferente dos sapiens, sendo mais largo. Apesar de toda a força e poder físico, os neandertais eram mais baixinhos, interessante não é mesmo?

Inteligência: neandertal X Homo Sapiens

Imagem Shutterstock

Por último, a parte intelectual de um neandertal também era surpreendente. Cientistas revelam que eles eram capazes de se comunicar ativamente e enterras seus mortos, além de construir objetos e fazer obras de arte. Porém, ainda não chega a ser igual o ser humano moderno…até onde sabemos.

Outra diferença importante é a localização onde viveram ambas as espécies, o Homo Sapiens como sabemos se adaptou para viver em todo o mundo, já os neandertais desbravam os continentes áridos e mais frios, vivendo entre Europa e Ásia.

Por que esta espécie foi extinta?

Segundo artigo da National Geographic Brasil, o Homo sapiens acabou ganhando geneticamente, e a grande maioria dos genes humanos modernos vem de nossos ancestrais africanos.

Contudo, a luta pela sobrevivência, principalmente a busca de alimentos e abrigo e até a evolução foram as razões para a extinção da espécie.

Outras inúmeras hipóteses foram levantadas, como a mudança climática. Pois alguns cientistas acreditam que o frio mortal da Europa Central possa ter eliminado os neandertais. E Sapiens mais sortudos não foram pegos pela mesma onda de frio.

Há também a teoria que aposta que as armas foram a grande causa da extinção, pois talvez os sapiens primitivos tivessem armas melhores que os neandertais.

Uns acreditam que os grupos de neandertais eram menores que os de humanos e por isso foram sendo eliminados com maior facilidade, por não estarem fortes em comunidades.

Teorias à parte, uma coisa é certa: embora extintos, nós podemos ter certeza que entre as 7 bilhões de pessoas existentes no mundo há a marca de um DNA de neandertal.

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore