fbpx

Programa Nascer de pré-incubação premia startups participantes

Realizado pela FAPESC em parceria com o Sebrae/SC, o Programa Nascer ofereceu suporte, incentivo e consultoria de forma gratuita
 
 

Criado para apoiar empreendedores na transformação de ideias inovadoras em realidade, o Programa Nascer é uma iniciativa do Governo de Santa Catarina, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (SCTI-SC) e da Fapesc, em parceria com o Sebrae/SC. Nesta quarta edição, mais de 600 projetos foram inscritos e 430 foram selecionados para participar do programa que utiliza a metodologia TXM Business. Quinze cidades em todas as regiões catarinenses sediaram turmas presenciais, além de dois polos virtuais. 

Várias empresas associadas à ACATE participaram do Programa Nascer, entre elas, a Admini Soluções, Bryut e Gumpee, de Florianópolis; Zoinks, de Blumenau; Itech, de Brusque; Future Systems, de Chapecó; Diarista Fácil, de Itajaí;  Findev e Trataz, de Joinville; e Runus, de Rio do Sul.

O melhor pitch de cada uma das 17 turmas, da quarta edição, foi classificado para a etapa estadual. O Super Pitch Day está previsto para 6 de abril, em Florianópolis. Um total de até R$ 470 mil será oferecido em subvenção econômica. O melhor ranqueado receberá até R$ 155 mil; o segundo, até R$ 90 mil; o terceiro, até R$ 65 mil; o quarto, até R$ 55 mil; e o quinto melhor ranqueado, até R$ 50 mil. Quem ficar entre o 6º e o 17º lugar receberá até R$ 5 mil cada. 

“Com o programa, buscamos incorporar novas tecnologias aos setores econômicos estratégicos dos ecossistemas locais de inovação dessas regiões, apoiados por metodologia validada, consolidando o ecossistema de Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI), favorecendo o desenvolvimento econômico”, comentou o gerente de Inovação e Startups do Sebrae/SC, Marcus Rocha, durante o lançamento do programa realizado no Startup Summit 2023.

Durante o período de pré-incubação, os empreendedores tiveram acesso a uma variedade de recursos e suporte, incluindo consultoria técnica e mercadológica, mentorias, assessorias, cursos e apoio institucional. O objetivo do programa é auxiliar na criação de startups e empresas de base tecnológica que possam contribuir para o crescimento da economia do estado.

Uma das empresas participantes, a Admini Soluções, foi premiada no programa como Projeto Destaque e ficou em segundo lugar como melhor pitch de sua turma. “Durante 6 meses, transformamos a ideia do nosso negócio em uma startup de fato. Nos desenvolvemos e aprimoramos a nossa ideia com a metodologia do programa e, ao final, participamos da batalha de pitches, na qual fomos reconhecidas como “Projeto Destaque”. Além disso, ficamos em segundo lugar dentre 15 projetos de Florianópolis, como melhor pitch”, conta Jessica Trindade, uma das fundadoras da empresa.

As sócias Jessica Trindade e Marana Thomaz, pretendem se conectar mais ao ecossitema da ACATE, participar de grandes eventos como o Startup Summit e buscam a contemplação no Edital Mulheres Tech da Fapesc.

“Agora que passamos pelo momento de pré-incubação, um momento que exigiu muito de nós, finalmente nos associamos à ACATE. Já somos parte da Vertical Fintech e do Grupo Mulheres ACATE, e queremos nos aproximar ainda mais do ecossistema de Florianópolis”, relata Jessica, que hoje já participa ativamente do ecossistema de inovação de Porto Alegre e também em Santa Catarina. 

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore