fbpx

Saúde apresenta plano de oncologia à Rede Feminina de Combate ao Câncer

Foto: Marco Favero / SECOM

Durante o 3º Encontro Regional das Redes Femininas de Santa Catarina, realizado em Brusque, nesta quarta-feira, 2, a secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto, apresentou os avanços no atendimento a pacientes oncológicos no estado. Com as estratégias implementadas foi possível reduzir a fila de pacientes que aguardavam por uma cirurgia oncológica de 2.738 para 345.

O evento contou com a participação de cerca de 300 mulheres engajadas na luta contra o câncer. Durante a palestra, a secretária destacou a importância da Linha de Cuidado à Atenção Integral ao Paciente Oncológico, um projeto implementado este ano, que estabelece diretrizes e o Protocolo Único de Acesso ao Serviço de Oncologia. Esse protocolo tem como objetivo garantir que todos os serviços de referência em Alta Complexidade em Oncologia ofereçam o início do tratamento em no máximo 60 dias, contados a partir da confirmação do diagnóstico.

“Está sendo ótima a oportunidade falar sobre a linha de cuidado e a importância de garantirmos o acesso de todos os pacientes com câncer em até 60 dias para início dos tratamentos, como a cirurgia, quimioterapia e radioterapia. Também foi importante falar das ações de prevenção e da reconstrução mamária, que agora os hospitais estão autorizados, conforme portaria do Ministério da Saúde, para as mulheres que tenham retirado sua mama devido ao câncer possam fazer o seu implante mamário garantindo inclusive a simetria, que as duas mamas fiquem iguais. É com o apoio da Rede Feminina que nós da gestão estadual da Secretaria de Saúde e os nossos 295 municípios vamos enfrentar esse grave problema, pois quem tem câncer tem pressa e não pode esperar. A Rede Feminina é um braço gigantesco nas ações de saúde de prevenção e também de diagnóstico dos casos de câncer”, explica a secretária Carmen Zanotto.

A Linha de Cuidado à Atenção Integral ao Paciente Oncológico é um avanço no sistema de saúde catarinense, buscando proporcionar maior agilidade e eficácia no atendimento aos pacientes diagnosticados com câncer. Através da sua implementação, a Secretaria de Estado da Saúde visa oferecer um tratamento mais humanizado e qualificado para aqueles que enfrentam a doença.

Carmen Zanotto reafirmou o compromisso do governo em aprimorar cada vez mais a assistência oncológica no estado e agradeceu o engajamento das Redes Femininas de Combate ao Câncer no apoio às ações de prevenção e tratamento da doença. O encontro foi marcado pela troca de experiências e pelo debate acerca das necessidades das pacientes oncológicas em Santa Catarina.

A presidente da Rede Feminina Estadual, Maria Círia Aragão Zunino, agradeceu a presença da secretária no encontro. “Estou há 38 anos atuando em rede feminina e nunca vi um trabalho como que esta sendo feito agora, é fantástico. A  secretária Carmen entende e acolhe a todos, tanto é que ela deu várias explicações e esclarecimentos que não tínhamos, tanto que vamos fazer outras reuniões e alinhar melhor nossa atuação com a Saúde. Além disso, vamos ajudar na busca das mulheres para realizar a reconstrução mamária que foi habilitada pelo Ministério da Saúde”.

Fonte: Por ASCOM | SES 

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore