fbpx

Será que existe vida em Marte? Olhar Espacial debate

O rover Perseverance da NASA encontrou moléculas orgânicas muito mais diversas em marte do que as encontradas anteriormente pelo Curiosity
Imagem: Pixabay

Programa Olhar Espacial desta sexta-feira (14) repercute as recentes descobertas de moléculas orgânicas na superfície de Marte. Será que elas poderiam ser indícios de vida no Planeta Vermelho?

O rover Perseverance, da NASA, encontrou moléculas orgânicas muito mais diversas na Cratera de Jezero do que as encontradas anteriormente pelo Curiosity, na cratera de Gale, ou em meteoritos vindos de Marte. A presença destes compostos não indica necessariamente a presença de vida, mas que a química do planeta vermelho é mais complexa do que se pensava anteriormente.

Para debater isso, o programa recebe um convidado muito especial. Autor do livro Decifrando Marte, Bruno Leonardo do Nascimento Dias é graduado em Licenciatura em Física pela faculdade Souza Marques, com graduação sanduíche pela Monash University, em Melbourne, na Austrália. Tem mestrado em Física pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e doutorado em Física pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). 

Bruno Leonardo do Nascimento Dias escreveu um livro sobre Marte e é o convidado desta semana do Olhar Espacial. Imagem: Arquivo pessoal

Ele faz parte do conselho internacional da Rede Espanhola de Planetologia e Astrobiologia (REDESPA), é sócio efetivo da Sociedade Brasileira de Astrobiologia e membro da Sociedade Brasileira de Física. Foi pesquisador PCI (MCTI/CNPq) do Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) e, atualmente, é pesquisador PDJ do Museu Nacional. Também trabalha com popularização da ciência do Núcleo de Pesquisa de Ciências (NUPESC).

Além de Marte, suas áreas de interesse são Astrobotânica, Extremófilos, Biomedicina Espacial, Neurociência, Meteoritos, Ficção Científica e Filosofia da Ciência.

Apresentado por Marcelo Zurita, presidente da Associação Paraibana de Astronomia — APA; membro da SAB — Sociedade Astronômica Brasileira; diretor técnico da BRAMON — Rede Brasileira de Observação de Meteoros — e coordenador regional (Nordeste) do Asteroid Day Brasil, o Olhar Espacial é transmitido ao vivo, todas às sextas-feiras, às 21h, pelos canais oficiais do veículo no YouTubeFacebookInstagramTwitterLinkedIn e TikTok.

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore