fbpx

Unoesc completa 27 anos de credenciamento no MEC

Há 27 anos, em 14 de agosto de 1996, a Universidade era credenciada no Ministério da Educação (MEC).

Na ocasião do credenciamento, o momento foi comandado pelo ministro da Educação, Paulo Renato, e presenciado pelos professores Aristides Cimadon e Luiz Carlos Lückmann, reitor da Unoesc na época, parlamentares catarinenses e pelo presidente da Associação Catarinense das Fundações Educacionais (Acafe) daquele ano. Com o credenciamento, a Unoesc tornou-se uma Universidade autônoma, o que permitiu que pudesse oferecer novos cursos e crescesse exponencialmente.

Trabalho árduo

“Ressalto o árduo trabalho que antecedeu os momentos desta história. Por muito tempo, a região padeceu pela ausência de recursos e incentivos por estar longe de centros considerados mais pujantes economicamente, e a Unoesc trouxe o que de melhor pode se esperar de uma Instituição de Ensino Superior tanto em termos de formação profissional para seus estudantes como contribuindo com as regiões em que está inserida”, destacou o reitor da Unoesc, professor Doutor Ricardo Antonio De Marco.

Orgulho para a região

A data é celebrada com orgulho por toda a comunidade acadêmica visto a contribuição da Universidade com a formação de milhares de estudantes e, ainda, as diversas ações de caráter comunitário que realiza nas regiões em que está inserida. A Unoesc está presente nas cidades de Joaçaba, Videira, Xanxerê, São Miguel do Oeste, Chapecó, Capinzal, Campos Novos, Maravilha, Pinhalzinho, São José do Cedro e Xaxim.

Oferece cursos de Graduação, Especialização, Mestrado, Doutorado, Técnicos e de Extensão. E já diplomou mais de 89 mil estudantes. Oferece serviços gratuitos e assistência social que, conforme o último Relatório Social, beneficiaram mais de 137,7 mil pessoas em 2022.

Desafios futuros

Para os próximos anos, conforme os 16 objetivos estratégicos que foram elencados para o ciclo 2023-2027, do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), a Universidade buscará fortalecer a oferta de cursos com foco no atendimento de formação profissional, a atuação na extensão comunitária e na cultura; desenvolver a pesquisa aplicada promovendo a inovação para a resolução de problemas regionais; implementar ambientes para processos de inovação, empreendedorismo e transferência de tecnologia; fomentar a internacionalização do ensino da pesquisa e da extensão; estruturar a prestação de serviços que atendam às demandas do mercado, bem como promover o lifelong learning (habilidade de aprender continuamente, em tradução literal).

“Os desafios são inúmeros, mas seguiremos firmes na missão de ser protagonista como Universidade Comunitária a serviço do desenvolvimento das nossas comunidades na mesorregião Oeste catarinense”, finalizou Ricardo.

Fonte: Alessandra de Barros/Assessoria de Imprensa Unoesc Joaçaba

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore