fbpx

Verticais da ACATE se conectam à Petrobras, Forças Aéreas e Inovabra em meio ao Startup Summit

A semana de realização do Startup Summit, em Florianópolis, movimentou o cenário de empresas de tecnologia e gerou oportunidades
 

Florianópolis recebeu mais de 3,5 mil empresas inovadoras, 80 fundos de investimentos e cerca de 100 corporates na semana do Startup Summit. A reunião desse grande contingente de negócios representados por tomadores de decisão e profissionais gerou oportunidades de novas conexões para empreendedores do ecossistema catarinense de tecnologia e inovação. Entre as grandes empresas, instituições e fundos que movimentaram o cenário de startups durante o evento estiveram Petrobras, Forças Aéreas e Inovabra.

As Verticais da ACATE, com o objetivo de ampliar a rede de contatos e as oportunidades para empresas de tecnologia catarinenses, atuaram como uma ponte para conectar os negócios às corporações e fundos de investimentos. No dia 22 de agosto, as integrantes das Verticais Energia e Manufatura 4.0 puderam apresentar suas soluções à Petrobras em um encontro organizado pela empresa global Deloitte, a qual lidera o maior projeto de transformação digital da América Latina junto à empresa brasileira. A reunião entre os negócios e a Petrobras ainda incluiu visitas ao Sapiens Parque, o Centro Empresarial para Laboração de Tecnologias Avançadas (CELTA) e o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC).

No primeiro dia de Startup Summit (23), a Vertical Manufatura 4.0 também se aproximou de representantes da área de inovação das Forças Aéreas Brasileiras (FAB). Túlio Duarte, diretor da Vertical, ressalta que o encontro foi uma oportunidade de posicionar as tecnologias catarinenses na solução das necessidades apontadas pela Aeronáutica em seu plano de inovação. “Entregamos um documento com o mapa da inovação do ecossistema catarinense, onde as Forças Aéreas podem buscar o apoio técnico, por exemplo, com tecnologias de drones, Big Data, Analytics e IoT desenvolvidas por empresas, além de pesquisas realizadas pelo IFSC”. O diretor acrescenta que o encontro também abriu oportunidades para a evolução de parcerias entre a FAB e o ecossistema catarinense.

No dia 25 de agosto, foi a vez da Vertical Fintech se conectar ao ecossistema de inovação do Bradesco, o Inovabra. Sete empresas participantes do programa da ACATE apresentaram pitch para a head do Inovabra, Renata Petrovic, e o superintendente executivo do hub do Bradesco, Fernando Freitas – ambos também foram palestrantes do Startup Summit com palestras no estande da ACATE e no palco Corporate Startup Summit sobre inovação aberta, tendências no setor financeiro e Corporate Venture Capital.

Além das conexões realizadas durante o Startup Summit, as Verticais de Negócios da ACATE realizam periodicamente as rodadas “Deu Match!” para criar relacionamentos entre empresas de tecnologia e corporates. Nestas oportunidades, grandes e médios negócios realizam pitch reverso com seus desafios de inovação. 

Reclame Aqui!, Bistek, Mini Kalzone, Clamed, Sodexo, Zuchetti e o fundo de investimentos do grupo de comunicação NSC, o Nexpon, foram alguns nomes que já passaram pelo “Deu Match!” de Verticais como a Peopletech e Varejo.

Verticais de Negócios

Hoje a ACATE conta com 11 Verticais, nas áreas de AgtechConstrutechEdtechEnergiaFintechManufatura 4.0PeopletechSaúdeSecurity TechSmart Cities e Varejo.

Por meio de reuniões periódicas, os associados participam de grupos de acordo com sua área de atuação e debatem problemas e necessidades de seus mercados. Integrar uma vertical permite alcançar grandes nomes do mercado e do ecossistema, ganhar visibilidade, trocar experiências, gerar networking, participar de rodadas de negócios, obter acesso a oportunidades ímpares e a conteúdos exclusivos. Para saber mais e participar das Verticais de Negócios, clique aqui.

Fonte: ACATE /  Foto: Fabricio de Almeida

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore