fbpx

A estrela mais velha é mais antiga que o Universo, mas isso é possível?

O universo possui cerca de 13,8 bilhões de anos e a estrela mais velhas cerca de 14,6 o que indica que alguma das contas está errada
Estrela de Matusalém (Credito:

estrela mais antiga conhecida é a HD 140283, ou Estrela de Matusalém, tendo idade estimada de mais de 14 bilhões de anos. No entanto, os cientistas apontam que o universo teria apenas 13,8 bilhões de anos, como isso seria possível? Ou apenas as contas estão erradas?

A HD 140283 está localizada na Via Láctea a apenas 190 anos-luz de distância da Terra, tão próxima que pode ser vista usando telescópios simples. Seu apelido de Matusalém é em referência ao personagem bíblico ancestral de Noé, que teria sido o homem mais velho, vivendo 969 anos.

As idades das estrelas é geralmente estimada a partir do seu brilho ou sua composição, sendo as mais velhas mais ricas em hélio e hidrogênio. Para saber há quanto tempo a estrela de Matusalém se formou, em 2013 pesquisadores usaram dados coletados pelo Telescópio Espacial Hubble e estimaram que ela possui em torno de 14,6 bilhões de anos, podendo ter 800 milhões de anos a mais ou menos.

Já a data de quando aconteceu o Big Bang foi estipulada a partir da taxa de expansão do universo, prevista pela Teoria da Relatividade Geral de Einstein, em 13,79 bilhões de anos. Mas agora, esses cálculos têm sido questionados devido às evidências que apontam para existência de estrelas mais velhas que isso, ou tão próximas que é impossível ter tido tempo suficiente para que elas se formassem.

Imagem: Divulgação/NASA

Apontar que o Big Bang nunca aconteceu devido isso seria uma revolução para a ciência e mudaria tudo que sabemos sobre o cosmos atualmente. Hipóteses menos radicais, mas ainda sim dramáticas, sugerem que o universo surgiu há 26,7 bilhões de anos. Se fosse assim, já teríamos encontrado pelo menos alguma estrela com uns 20 bilhões de anos.

A hipótese mais modesta é que ele teria surgido há cerca de 15 bilhões de anos, mas para isso alguma de nossas contas esteve errada sobre a expansão do universo.

Cálculo errado da idade da estrela mais velha

Apesar dos cálculos realizados para estipular a idade de estrelas serem confiáveis, eles ainda estão suscetíveis a erros. Além dos 14,6 bilhões de anos, outros pesquisadores produziram idades de 13,7 bilhões, 12,2 bilhões e 12,0 bilhões para a HD 140283. As duas últimas estimativas têm folga suficiente para o Universo ter 13,79 bilhões de anos, e até mesmo a primeira pode ser explicada pela margem de erro.

Se fosse confirmado algum desses valores, a idade do universo estaria a salvo, mas mesmo que fosse o contrário, é mais plausível que ele seja apenas um pouco mais velho do que tenha o dobro da idade estimada atualmente.

Fonte: Olhar Digital /Por Mateus Dias, editado por Lucas Soares 

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore