fbpx

Conheça os projetos de SC que concorrem ao Prêmio Nacional de Inovação

Empresas, pesquisadores e ecossistema da Capital estão entre os finalistas do estado (segunda maior representação do país) na final do prêmio que CNI e Sebrae entregam no dia 26 de setembro, em São Paulo.
 
Foto: Divulgação

Santa Catarina tem 12 finalistas no Prêmio Nacional de Inovação (PNI), reconhecimento feito pela  Confederação Nacional da Indústria (CNI) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e com lista final divulgada nesta quarta-feira (06). São empresas, pesquisadores e ecossistemas que representam o estado no prêmio que recebeu mais de 3 mil inscrições – e cujos vencedores serão anunciados no dia 26 de setembro, em evento no São Paulo Expo, na capital paulista. 

O estado que teve maior volume de finalistas foi São Paulo, seguido por Santa Catarina, Bahia, Paraná, Distrito Federal, Rio Grande do Sul e Minas Gerais. Alagoas, Amapá, Maranhão, Piauí e Pará também tiveram um finalista, cada. O Prêmio é uma iniciativa da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), com correalização do Serviço Social da Indústria (SESI), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), e tem patrocínio da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP)

A premiação não avalia projetos isolados e, sim, a capacidade de inovação das empresas e ecossistemas. A novidade desta edição foi a inclusão da categoria Pesquisador Inovador, que destaca indivíduos com esforços relevantes em pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I).

Em Santa Catarina, destacaram-se empresas e pesquisadores de empresas de nanotecnologia e representantes da indústria (a holding Christal, de Timbó, e a Tupy, de Joinville), além do ecossistema de inovação de Florianópolis, que vem ganhando destaque em diversos rankings de competitividade do país.

Estes são os representantes catarinenses na final :

MÉDIAS EMPRESAS

GRANDES EMPRESAS

PESQUISADORES / PEQUENOS NEGÓCIOS

ECOSSISTEMAS DE INOVAÇÃO / GRANDE PORTE

  • Ecossistema de Florianópolis:

O Prêmio é uma iniciativa da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), com correalização do Serviço Social da Indústria (SESI), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), e tem patrocínio da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP). A premiação é voltada para a indústria, com exceção dos pequenos negócios, que podem ser do setor industrial, de comércio, de serviço ou agronegócio, aos Ecossistemas de Inovação e aos Pesquisadores Inovadores. 

 “O PNI materializa o que vimos de melhor em inovação nas grandes, médias e, sobretudo, nas pequenas. Inovação é para todas as empresas, independentemente de tamanho e setor”, afirma diretor técnico do Sebrae, Bruno Quick

Fonte: Redação SC Inova, com informações da CNI e Sebrae

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore