fbpx

Desafio da Embratur e ACATE busca soluções de empresas para aeroportos do Brasil

Brazilian Welcome Challenge abre oportunidade para empresas de diversos segmentos que desejam contribuir com o desenvolvimento da jornada de turistas

O desafio de inovação “Brazilian Welcome Challenge”, lançado pela Embratur, em parceria com a ACATE, está com inscrições abertas até 5 de julho para empresas desenvolvedoras de soluções que possam ser aplicadas em aeroportos do Brasil. A iniciativa tem o objetivo de identificar tecnologias para melhorar a experiência de turistas internacionais nos portões de entrada do país.

A oportunidade para negócios se conectarem à agência brasileira de turismo foi apresentada em live transmitida pelo canal de YouTube da ACATE. De acordo com diretor de Inovação e Novos Negócios da Associação, Silvio Kotujansky, que realizou a abertura da live de lançamento, “a ACATE tem o orgulho e a honra de ter sido escolhida pela Embratur como o hub de inovação de apoio a este projeto tão importante para o turismo do Brasil. A iniciativa oportuniza às empresas brasileiras a chance de mostrar produtos e serviços, validá-los, além de promover e escalar vendas, atingindo todo o território nacional”.

Para o presidente da Embratur, Marcelo Freixo, “essa parceria com a ACATE é uma forma de solucionar problemas de uma maneira inteligente e sustentável, melhorando a experiência do turista internacional no Brasil. Queremos, com isso, que ele fique mais, circule mais, aumente os gastos nos destinos gerando emprego e renda, e volte para casa falando bem do Brasil, da nossa cultura, da nossa culinária, e que recomende o nosso país para outras pessoas”, ressalta.

Sobre o desafio “Brazilian Welcome Challenge”

O desafio é composto por 17 demandas abertas às soluções de empresas de tecnologia independente do segmento de atuação do negócio. Entre as provocações estão: fornecer abrigos adequados para os pets durante as viagens, dar informações em tempo real aos viajantes internacionais, estimular turistas a consumirem produtos locais e a visitarem destinos nacionais quando houver conexão entre voos e automatizar processos com o intuito de otimizar o manuseio de bagagens. No ato de inscrição, as empresas podem cadastrar propostas em mais de uma provocação.

O processo de seleção vai avaliar as soluções de acordo com aderência ao desafio, escalabilidade e impacto socioambiental. Além disso, as empresas serão avaliadas em quesitos como modelo de negócio e equipe. 

Dez projetos serão escolhidos, dos quais apenas duas empresas finalistas terão a chance de premiação com o valor de R$ 50 mil reais e convocação para a execução da Prova de Conceito. 

O desafio de inovação aberto pela Embratur, por meio do laboratório de inovação EmbraturLAB, tem o apoio do Governo Federal, Ministério de Portos e Aeroportos e Ministério do Turismo. A parceria com a ACATE, estabelecida por meio do LinkLab, tem o propósito de ampliar a divulgação e possibilitar aos empreendedores maior conhecimento acerca do desafio e suas provocações, proporcionando oportunidades de conexão entre empresas de tecnologia e a agência brasileira de turismo.

O desafio é composto por 17 demandas abertas às soluções de empresas de tecnologia independente do segmento de atuação do negócio. Entre as provocações estão: fornecer abrigos adequados para os pets durante as viagens, dar informações em tempo real aos viajantes internacionais, estimular turistas a consumirem produtos locais e a visitarem destinos nacionais quando houver conexão entre voos e automatizar processos com o intuito de otimizar o manuseio de bagagens. No ato de inscrição, as empresas podem cadastrar propostas em mais de uma provocação.

O processo de seleção vai avaliar as soluções de acordo com aderência ao desafio, escalabilidade e impacto socioambiental. Além disso, as empresas serão avaliadas em quesitos como modelo de negócio e equipe. 

Dez projetos serão escolhidos, dos quais apenas duas empresas finalistas terão a chance de premiação com o valor de R$ 50 mil reais e convocação para a execução da Prova de Conceito. 

O desafio de inovação aberto pela Embratur, por meio do laboratório de inovação EmbraturLAB, tem o apoio do Governo Federal, Ministério de Portos e Aeroportos e Ministério do Turismo. A parceria com a ACATE, estabelecida por meio do LinkLab, tem o propósito de ampliar a divulgação e possibilitar aos empreendedores maior conhecimento acerca do desafio e suas provocações, proporcionando oportunidades de conexão entre empresas de tecnologia e a agência brasileira de turismo.

Cooperação técnica

A proposta faz parte do acordo de cooperação técnica (ACT) firmado entre a Embratur e a Associação Aeroportos do Brasil (ABR), em outubro de 2023, que trata das ações e estratégias para ampliar a oferta de voos para o Brasil e aumentar o número de turistas estrangeiros no País. A ABR possui 59 aeroportos federais sob sua representação e o ACT prevê um plano de trabalho para melhorar a recepção e a comunicação com os visitantes estrangeiros nos aeroportos associados à ABR. 

No acordo, a Embratur se compromete a avaliar propostas de participação em eventos promovidos pela ABR, apoiar tecnicamente a formulação de ações de promoção do turismo internacional, oferecer propostas e apoio técnico em temas como sustentabilidade, experiência do passageiro, MICE, diversidade e inclusão. 

Fonte: ACATE / Com informações de Embratur

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore