fbpx

Move, startup catarinense de mobilidade elétrica, recebe aporte da Copel Ventures, do PR

Com a conclusão das operações iniciadas em 2021, companhia catarinense de tecnologia dá sequência ao planejamento estratégico para os próximos 5 anos, que prevê novos M&As em Inteligência Comercial e Execução do Varejo.

Foto: Markus Spiske (Unsplash)

A Copel Ventures I, primeiro fundo de Corporate Venture Capital (CVC) da Companhia Paranaense de Energia (COPEL), anunciou nesta quarta-feira (31) seu primeiro investimento na startup MOVE, que atua no mercado de gestão inteligente para sistemas de recarga de veículos elétricos.

A startup catarinense passou pelo programa de inovação aberta Copel Volt em 2022, e já tinha estabelecido uma relação próxima com a companhia. Além do investimento, a parceria inclui um contrato de prestação de serviços para a startup implementar sua solução nos pontos de recarga da própria Copel.

O fundo Copel Ventures I, primeiro veículo de investimentos voltado para startups da Companhia, concentra-se em cinco áreas: energias renováveis e limpas, processos internos inovadores alinhados a boas práticas ESG, energy-as-a-service, cidades inteligentes e gestão de ativo e instalações. Lançado em 2023, o fundo de Corporate Venture Capital (CVC) da Copel conta com R$ 150 milhões de capital comprometido. 

A MOVE tem operações no Brasil e em países da América Latina, oferecendo uma plataforma abrangente para condutores, proprietários e gestores de pontos de recarga, promovendo a mobilidade elétrica de forma eficiente e sustentável. Antes do aporte da Copel, a energytech já contava com investidores e parceiros estratégicos em seu captable, como a aceleradora HARDS e AES Energia, e captou uma rodada seed em 2023 liderada por uma grande empresa estratégica do segmento, não divulgada. 

“Queremos ser parceiros estratégicos das nossas investidas. É nossa visão de smart money: aportamos capital para a startup se desenvolver, mas também ajudamos a gerar novos negócios dentro do ecossistema da Copel, que oferece enormes oportunidades para empresas como a Move. Com isso ajudamos a alavancar as receitas de imediato”, disse Cássio Santana, diretor de Desenvolvimento de Negócios da Copel.

Segundo a MOVE, a rodada realizada pelo fundo COPEL Ventures irá acelerar a estruturação de mais canais comerciais para a expandir a oferta dos seus serviços para gestores de pontos de recarga e gestores de frotas. A MOVE foi assessorada pela Pier Partners na construção da rodada, enquanto a BZCP foi o parceiro jurídico do fundo COPEL Ventures. A rodada também contou com o suporte da Silva Schutz Advogados, assessoria Jurídica da MOA Ventures como facilitadora do processo.

Fonte: Redação SC Inova, com informações da Agência de Notícias do PR

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore