fbpx

Nem iPhone, nem Galaxy: veja o celular mais vendido da história

(Imagem: Pedro Spadoni via DALL-E/Olhar Digital): Smile Studio AP / Shutterstock.com

Qual é o celular mais vendido da história? Você provavelmente arriscaria dizer algum modelo de iPhone, da Apple, ou Galaxy, da Samsung. E estaria errado. Por incrível que pareça, os aparelhos que encabeçam o pódio são: Nokia 1100 e Nokia 1110.

  • Os dois celulares mais vendidos da história não são iPhone nem Galaxy, mas sim os modelos Nokia 1100 e Nokia 1110. É o que revela uma lista publicada pelo site VisualCapitalist, baseada em dados da Omdia, Wikipedia e Yahoo Finance;
  • A lista traz os 15 celulares mais vendidos, dos quais sete são da Nokia, sete são da Apple e um é da Samsung. O Nokia 1100 lidera (250 milhões de unidades vendidas), seguido pelo Nokia 1110 (248 milhões de modelos) e iPhone 6 e 6 Plus (222 milhões de unidades);
  • A maior rivalidade atual no mercado de celulares é entre Apple e Samsung. A Apple domina nos EUA, com 52% de participação de mercado, enquanto a Samsung lidera globalmente, com 22%, em comparação aos 19% da Apple.

Quem apontou o fato inusitado foi Arthur Igreja, especialista em tecnologia e inovação, numa rede social. Já a fonte da lista compartilhada por Igreja é o site VisualCapitalist, cuja base foram dados da Wikipedia, Yahoo Finance e Omdia, empresa especializada em análise de tecnologia.

Pódio dos celulares mais vendidos

O mundo atingiu a marca de 7,1 bilhões de celulares em 2021 – mais de 90% da população mundial. E entre os 15 aparelhos mais vendidos da história, sete são da Nokia, sete são da Apple e um é da Samsung.

O Nokia 1100, no topo da lista, teve mais de 250 milhões de modelos vendidos em seis anos, antes de ser descontinuado em 2009. O celular circulou ao mesmo tempo que os primeiros smartphones (Nokia E-series e iPhone). Depois, vem o Nokia 1110, com 248 milhões de modelos vendidos.

O iPhone aparece no ranking a partir da terceira posição, ocupado pela linha iPhone 6, com 222 milhões de unidades vendidas (considerando iPhone 6 e iPhone 6 Plus). Suas telas de 4,7 e 5,5 polegadas inauguraram a era dos smartphones de tela grande. E os continuam sendo os iPhones mais vendidos da Apple.

Apple vs Samsung: a rivalidade atual

(Imagem: tinhkhuong/Shutterstock)

O negócio principal da Apple mudou de computadores pessoais para celulares em relativamente pouco tempo. Em 2009, as vendas do iPhone contribuíram com cerca de 25% para as receitas da empresa. Já em 2023, metade da receita de US$ 383 bilhões da Apple veio dos seus celulares.

O iPhone domina rotineiramente os dez celulares mais vendidos todos os anos, como evidenciado pela pesquisa dos analistas de tecnologia Omdia. No entanto, os números de vendas da Samsung não ficam muito atrás.

Embora os modelos de negócios das duas empresas sejam diferentes, seus principais aparelhos são rotineiramente colocados um contra o outro: a Samsung vence em duração da bateria e opções de gama média e baixa, e a Apple vence em otimização e segurança. E ambas as marcas possuem sistemas avançados de câmeras.

A Apple governa o mercado de smartphones dos Estados Unidos, com 52% de participação de mercado. Já a Samsung supera a Apple globalmente, com participação de mercado de 22%, em comparação aos 19% da Apple.

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore