fbpx

Onda de calor extremo vai ter auge no fim de semana

Temperaturas devem passar dos 40°C em diversos estados do Brasil. Inmet colocou parte do país em “alerta vermelho”

Calor no Brasil em agosto (Imagem: Inmet)

Pode não parecer, mas ainda estamos no inverno. A partir das 3h50 deste sábado (23) a primavera começa oficialmente e com ela um aumento (mais um) das temperaturas no Brasil, com a atual onda de calor extremo chegando em seu pico durante o fim de semana.

Onda de calor extremo atinge o Brasil

Desde o último dia 20 o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) colocou estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste em alerta vermelho de calor extremo (veja mais) até o final de semana.

De acordo com o Climatempo, nos próximos dois dias “Mato Grosso, Goiás e Mato Grosso do Sul, Tocantins, o interior do Maranhão e do Piauí e o oeste da Bahia e de Minas Gerais,  o oeste, o norte do estado de São Paulo e a parte norte Noroeste do Paraná”, podem ter temperaturas acima dos 40°C.

  • Onda de calor fez o Inmet colocar alerta vermelho em nove estados;
  • As temperaturas podem passar dos 40°C em algumas regiões;
  • O nível de calor esperado atingirá níveis perigosos, colocando especialmente a população mais vulnerável em risco (enfermos e idosos).
(Imagem: Reprodução/INMET)

De acordo com o Inmet, é esperada uma piora a partir desta sexta-feira (22). As temperaturas máximas devem passar dos 40°C em áreas das regiões Centro-Oeste e Norte, além do interior de São Paulo, especialmente. Na capital paulista, são esperadas temperaturas máximas acima dos 35°C a partir de sexta-feira.

Super El Niño ainda está no começo

O Super El Niño ainda está apenas no começo. A informação é do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, que soltou o alerta dizendo que, apesar do estrago climático em partes do Brasil nas últimas semanas, o fenômeno climático ainda não chegou em seu auge.

Segundo o órgão, situações similares ao recente ciclone no Rio Grande do Sul podem ocorrer nos próximos meses. A previsão é de chuvas acima da média para o sul do Brasil até novembro, com cerca de 100 municípios gaúchos já tendo sido afetados pelas inundações decorrentes das precipitações históricas (veja mais)

Fonte: Olhar Digital / Por Lucas Soares 

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore