fbpx

Paytrack, de Blumenau (SC), avança como meio de pagamento no mercado de viagens corporativas

Durante evento próprio realizado em São Paulo, scale-up catarinense que pretende ser líder de mercado até 2025 debateu tendências e lançou versão mais tecnológica de seu cartão corporativo.

Foto: Divulgação

Especializada em gestão de despesas e viagens corporativas, a scale-up catarinense Paytrack promoveu no último dia 29, em São Paulo, seu evento corporativo próprio, o  Travel & Expense Summit, no qual reuniu gestores de viagens, compras, tecnologia e setor financeiro de empresas de grande porte para debater temas como inovação, mercado, ESG e tendências. 

Uma das novidades apresentadas ao mercado foi a versão 2.0 de seu cartão corporativo, que agora pode ser usado na compra de passagens aéreas, reservas em hotéis, transporte, estacionamento, aluguel de carro, almoços e cafés de negócios, assinaturas e compras online. 

“Sempre quisemos ser a empresa referência em cartões para despesas e viagens corporativas e, com a grande adesão dos clientes ao produto que já tínhamos, veio a percepção da necessidade de desenvolver algo ainda melhor em tecnologia e em usabilidade”, comentou Lilian Schultz, Gerente de Produto da empresa. 

O cartão tem bandeira Mastercard e é aceito em estabelecimentos nacionais e internacionais, possibilita saque 24h e pagamento por aproximação, além da emissão de cartões virtuais por transação e da opção de vinculação à carteira virtual no celularo. Funcionalidades como pagamento por aproximação e vinculação à carteira digital são opcionais – ou seja, cada empresa pode escolher como seu cartão corporativo vai funcionar.

“Decidimos vincular o cartão às wallets dos viajantes, justamente para dar ainda mais autonomia a eles”, explica Lilian. “O cliente pode configurar os cartões vinculados a cada CNPJ: algumas empresas podem ter cartões com pagamento por aproximação e saque, e outras empresas sem saque, com pagamento com chip e senha”. 

Plataforma abrangente para a gestão de viagens e despesas corporativas, a Paytrack foi fundada em 2016 em Blumenau (SC),  e expandiu sua operação nos últimos anos: combinando tecnologia e prestação de serviços,  cresceu 125% no ano passado, ultrapassando a marca de 650 clientes. A projeção de faturamento em 2023 é de R$ 50 milhões. 

A scale-up quer se tornar, até 2025, a principal solução ligada a viagens e despesas corporativas na América Latina. Em julho, chegou à empresa Guilherme Rizzi, novo diretor da unidade de negócios TMC (Travel Management Company), que tem 18 anos de experiência no mercado de turismo. A contratação está ligada à estratégia de expansão dos negócios, que já conta com 700 clientes e um milhão de usuários na plataforma.

Fonte: Redação SC Inova, com informações da Assessoria de Imprensa 

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore