fbpx

Robô humanoide aprende a falar e ‘pensar’ com IA da Baidu

(Imagem: Reprodução/YouTube)

A UBTech, empresa chinesa de robótica, firmou parceria com a Baidu para aprimorar seu robô Walker S com capacidades de fala natural e “raciocínio” por meio de inteligência artificial (IA). A iniciativa segue a inovação apresentada recentemente no robô Figure 01, que usa GPT.

  • A UBTech, empresa chinesa de robótica, colabora com a Baidu para desenvolver capacidades de fala natural e raciocínio em tempo real no robô Walker S, o que elevou o nível de interação e funcionalidade do humanoide;
  • Apresentado inicialmente na CES 2018, o Walker S agora incorpora a tecnologia de IA Ernie Bot da Baidu. Um vídeo, postado pela UBTech, demonstrou avanços significativos em conversação e habilidades práticas, como manipulação de objetos e realização de tarefas cotidianas;
  • A cooperação entre UBTech e Baidu para o desenvolvimento do Walker S simboliza um progresso considerável na robótica humanoide, apontando para um futuro em que esses robôs podem desempenhar papéis importantes em ambientes industriais e domésticos.
(Imagem: Reprodução/YouTube)

A UBTech foi fundada em 2012 e, após seu sucesso com robôs de brinquedo, expandiu para o desenvolvimento de robôs humanoides, como o Walker, inicialmente apresentado na CES 2018.

Walker S: o robô da UBTech com IA da Baidu

(Imagem: Reprodução/YouTube)

O Walker S é uma evolução do modelo original apresentado na CES. Ele foi destaque em Hong Kong durante um evento de listagem na bolsa, no qual demonstrou suas habilidades de conversação e manipulação de objetos.

Este robô humanoide integra o Ernie Bot da Baidu, plataforma de IA, para melhorar a interação e eficiência em tarefas como dobrar roupas e manipular objetos, conforme demonstrado num vídeo publicado pela empresa. Nele, o Walker S demonstra certa flexibilidade e capacidade de adaptação.

Capacidades e potencial do robô

A habilidade de conversação do Walker S, fornecida pelo Ernie Bot, mostra respostas rápidas e interação fluida, comparáveis às demonstrações do Figure aprimorado pelo GPT – “cérebro” desenvolvido pela OpenAI, dona do ChatGPT.

Embora a destreza do Walker S na manipulação de objetos possa ser modesta, sua aplicação em cenários industriais promete melhorias na automação e eficiência operacional, como demonstrado em parcerias com fabricantes de automóveis.

A iniciativa da UBTech com a Baidu para desenvolver o Walker S reflete o avanço dinâmico na robótica humanoide, sinalizando futuras inovações e colaborações no campo da inteligência artificial e automação industrial.

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore