fbpx

Tesla usará robô humanoide para aumentar vendas

O robô humanoide Optimus foi utilizado em lojas da Tesla na China para impressionar potenciais novos clientes e aumentar as vendas de carros

Imagem: Tesla

Robôs podem vender mais que humanos? Para a Tesla, sim. A empresa está colocado o robô humanoide Optimus para impressionar potenciais novos clientes e, assim, aumentar as vendas de carros.

Robô já pode ser visto em lojas chinesas

  • A Tesla já colocou o Optimus em exibição em algumas das lojas da empresa na China depois de observar que o robô estava recebendo muita atenção em exposições e conferências de tecnologia.
  • No mês passado, a fabricante de veículos elétricos abriu um novo tipo de showroom em Chengdu, na China, chamado Giga Laboratory.
  • A loja apresenta carros brancos, robôs de montagem, componentes de veículos elétricos e a carroceria de um Model 3 que fica pendurada no teto em alguns fios como se estivesse sendo fabricado no local.
  • Além disso, dá destaque para cabines iluminadas que funcionam como pedestais para motores elétricos, inversores e outros componentes que foram desenvolvidos e produzidos internamente pela Tesla.
  • Se este experimento der certo na Ásia, o robô humanoide também pode ser utilizado para aumentar as vendas em lojas da empresa espalhadas por outros países do mundo

Veja o robô humanoide Optimus em ação:

Robô Optimus pode ser o futuro da Tesla

  • O Tesla Bot foi anunciado durante o evento AI Day da empresa em 2021.
  • Na ocasião, um ser humano fingiu ser um robô humanoide e fez movimentos de robô e de dança.
  • Já em maio de 2023 a Tesla mostrou vários protótipos de robôs em funcionamento que podiam andar e pegar coisas sem ajuda.
  • O CEO da empresa, Elon Musk, chegou a prever que o Optimus responderá pela ” maioria do valor de longo prazo da Tesla”.
  • A tecnologia, segundo fontes, poderia substituir humanos nas linhas de montagem de veículos fazendo tarefas repetitivas e, como agora está claro, até ajudar a vender os produtos da empresa.

Com informações de Electrek.

Fonte: Por Por Alessandro Di Lorenzo, editado por Bruno Capozzi   / Olhar Digital

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore