fbpx

Descoberto cemitério sagrado no Peru anterior ao Império Inca

Um sítio arqueológico do período Wari, com idade de 800 a 1000 anos, foi escavado por pesquisadores que descobriram se tratar de um cemitério

Arqueólogos peruanos e japoneses descobriram um antigo cemitério sagrado na região norte do Peru. Crédito: Ministério da Cultura do Peru

Um sítio arqueológico dedicado ao culto aos ancestrais, com câmaras funerárias, restos mortais humanos e oferendas de cerâmica, foi escavado recentemente no norte do Peru. De acordo com o Ministério da Cultura do país, o cemitério sagrado data de antes do Império Inca (que se manteve de 1438 a 1572).

“Descobrimos um sítio arqueológico do período Wari com idade entre 800 e 1000 anos na região de Cajamarca, a 900 quilômetros ao norte de Lima”, disse o arqueólogo japonês Shinya Watanabe à agência de notícias AFP no sábado (2). “Duas câmaras funerárias com covas para colocação de múmias e oferendas aos antepassados foram encontradas no local”.

Um vaso de cerâmica ornamental com rosto humano descoberto no local. Crédito: Ministério da Cultura do Peru

Cada uma das câmaras funerárias contém dois níveis, ambos com cinco nichos nas paredes contendo oferendas como conchas de moluscos, fragmentos de cerâmica e uma placa tripé inteira, encontrada pela primeira vez em um contexto funerário. Além disso, também havia uma figura de personagem feminina, um kero wari (vaso usado em rituais diversos) preto com incisões, dois instrumentos musicais de sopro feitos com cerâmica de aproximadamente 12 cm de comprimento e dois bustos estólicos de cobre.

“É uma grande descoberta porque os arqueólogos estavam procurando evidências da cultura Wari”, disse Watanabe, que é professor da Universidade de Nanzan, no Japão.

Projeto de pesquisa arqueológica no Peru visa compreender civilizações antigas

Esse sítio arqueológico fica no vale de Jequetepeque, na província de San Miguel, em Cajamarca, região que faz fronteira com o Equador. “Muitas pessoas de múltiplas origens viveram aqui. Era um centro cerimonial dedicado ao culto dos antepassados”, disse Watanabe.

Escavação do sítio arqueológico em Cajamarca faz parte de um projeto entre arquólogos japoneses e peruanos. Crédito: Ministério da Cultura do Peru

Judith Padilla, chefe do escritório de cultura de Cajamarca, acredita que as descobertas, que fazem parte da temporada de 2023 do Projeto de Pesquisa Arqueológica (PIA) Terlén – La Bomba, permitem uma compreensão do “estilo de vida e práticas rituais” das sociedades antigas que habitavam a região.

Segundo o Ministério da Cultura, o objetivo principal da pesquisa é compreender o sistema sociopolítico da cultura Cajamarca durante o período conhecido como Horizonte Médio e sua relação com a cultura Wari, que sobreviveu entre os séculos 7 e 13, até essa civilização ser conquistada pelo ascendente Império Inca.

Fonte: Olhar Digital / Por Mateus Dias, editado por Lucas Soares 

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore