fbpx

Epagri lança aplicativo que monitora a cigarrinha-do-milho em Santa Catarina

A cigarrinha-do-milho é um inseto temido pelos agricultores, pois pode ser responsável por perdas de até 100% nas lavouras. Ela é inseto-vetor dos microrganismos causadores das doenças do complexo de enfezamentos, que têm sido uma grande preocupação para os produtores brasileiros nos últimos anos. Para ajudar a cadeia produtiva no monitoramento e controle desse inseto em Santa Catarina, a Epagri desenvolveu o aplicativo Monitora Milho SC.

aplicativo-monitora-milho-sc-cigaarrinha
Aplicativo permite acompanhar a incidência da cigarrinha-do-milho em Santa Catarina

O app, disponível para download gratuito, permite aos produtores rurais e técnicos acompanhar a incidência da cigarrinha-do-milho em Santa Catarina para tomar decisões mais precisas sobre o manejo. A ferramenta também traz informações sobre a infectividade da cigarrinha com os patógenos do complexo do enfezamento: fitoplasma do enfezamento vermelho, espiroplasma do enfezamento pálido e vírus-da-risca.

Participação dos produtores

A pesquisadora Maria Cristina Canale, do Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar da Epagri (Cepaf), explica que as informações geradas pelo monitoramento são fundamentais para a convivência da agricultura com a cigarrinha e as doenças transmitidas por ela. “Embora os enfezamentos já sejam conhecidos no país há algumas décadas, nós observamos que os surtos ocasionados por esses problemas têm sido bastante frequentes em todas as regiões produtoras do Brasil. Então é necessária a convivência do setor produtivo com o problema a partir de agora, inclusive aqui em Santa Catarina, com a participação ativa de todos os produtores envolvidos com a produção de milho, no manejo integrado regionalizado”, ressalta.

A cigarrinha-do-milho transmite doenças que podem levar a perdas de 100% nas lavouras

Como usar o aplicativo

O aplicativo Monitora Milho SC é simples de usar. Para o acesso, é necessário fazer um breve cadastro com e-mail e senha. Com o app instalado, o usuário tem acesso a um mapa de Santa Catarina com os pontos onde são realizados os monitoramentos das lavouras. Nessa área, é possível observar o nível populacional da cigarrinha-do-milho em diferentes regiões catarinenses.

Na aba sobre população, o usuário pode acompanhar semanalmente a quantidade de insetos nas lavouras monitoradas (média estadual) e também acessar uma tabela com informações sobre os municípios, com recomendações de manejo baseadas nos valores apresentados em cada local.

Informações sobre população de cigarrinhas e infectividade das amostras ajudam os agricultores e técnicos na tomada de decisões sobre o manejo

Também é possível acompanhar a evolução da infectividade das amostras, com informações atualizadas sobre as lavouras monitoradas em diferentes municípios catarinenses. “O principal objetivo é deixar o produtor mais consciente na tomada de decisão a respeito do manejo da cigarrinha do milho na sua lavoura”, diz Cristina.

A recomendação da Epagri é que os produtores e técnicos mantenham uma rotina de acompanhamento dos dados do aplicativo, porque o status de infectividade do inseto pode mudar de uma semana para a outra.

Envio de dados para os pesquisadores

Além de trazer informações sobre as doenças e o manejo integrado regionalizado, o app Monitora Milho SC permite ao usuário enviar informações para os pesquisadores da Epagri. Essa função foi criada para que os produtores e técnicos encaminhem fotos e coordenadas de locais onde for identificada a presença de milho voluntário. “Esse milho é proveniente de grãos que caem do caminhão durante o transporte ou até mesmo na colheita. Uma vez no chão, ele vai dar origem ao milho de entressafra, que vai ser o local onde a cigarrinha poderá se abrigar, e também será reservatório para os patógenos do enfezamento”, explica a pesquisadora da Epagri. Ela reforça que eliminar o milho voluntário na entressafra é uma medida fundamental para proteger a safra seguinte.

Monitoramento da cigarrinha-do-milho tem ajudado os agricultores de Santa Catarina a lidar com o problema (Foto: Esalq/USP)

Como baixar o aplicativo

O aplicativo Monitora Milho SC, da Epagri, está disponível para download gratuito para celulares Android, e em breve também será disponibilizado para IOS. Para usar, basta preencher um cadastro simples, com e-mail, e criar uma senha. Em caso de dúvidas, procure a Epagri do seu município ou o Centro de Pesquisa para a Agricultura Familiar (Epagri/Cepaf).

programa Monitora Milho SC é uma iniciativa do Comitê de Ação contra Cigarrinha-do-milho e Patógenos Associados, que é composto por membros da Epagri, Udesc, Cidasc, Ocesc, Fetaesc, Faesc, CropLife Brasil e Secretaria de Estado da Agricultura.

Veja no vídeo como usar o aplicativo:

Fonte: EPAGRI / Maria Cristina Canale, pesquisadora da Epagri/Cepaf

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore