fbpx

ONG de formação profissional em tecnologia abre inscrições para nova turma em SC

Interessados em participar do Prototipando a Quebrada tem até o dia 02.06 para se inscrever no programa gratuito, realizado em parceria com a Beta Hub, iniciativa de aprendizagem do Mercado Livre

Foto: Sabrina Stahelin/Divulgação

A ONG Prototipando a Quebrada (PAQ) está com inscrições abertas para sua próxima turma, em parceria realizada com a Beta Hub, iniciativa de aprendizagem do Mercado Livre. Jovens interessados em participar têm até o dia 2 de junho para se inscrever no programa, pelo site beta-hub.com. O projeto é gratuito, basta ter de 16 a 18 anos e acesso a computador com internet estável. Os encontros começam no dia 17 de junho e serão realizados de maneira remota três vezes por semana, até o dia 9 de agosto. Ao todo, há 80 vagas disponíveis. 

Para quem reside em Florianópolis, haverá turmas presenciais nas unidades do PAQ: na TXM Methods, na Acate e na BeWiki, na Capital, e na Inaitec, na cidade de Palhoça. “A imersão é a porta de entrada para quem quer iniciar no PAQ. Nesta jornada, os jovens dão os seus primeiros passos para explorar as carreiras e cultura do ecossistema de tecnologia, desenvolvendo habilidades e competências básicas essenciais para quem quer começar a trabalhar nesta área”, destaca o educador Jeff Lima, co-fundador da ONG, criada em 2018 para conectar a juventude da periferia com o conhecimento e as oportunidades do mundo tech. 

O PAQ já formou 160 jovens e conta com 77 participantes atualmente. Deste total, 39 já estão empregados, sendo 72% em empresas de TI. O foco é a formação de um ambiente propício para aprendizagem e na consolidação de um ecossistema de transformação tecnológica na região metropolitana. 

O programa também está com vagas abertas para mentores, que serão responsáveis por acompanhar os grupos de atividade dentro da jornada, de forma totalmente remota. Não é preciso ter um perfil técnico para a vaga. “Aqui o importante é ser humano, apoiar, engajar e facilitar as integrações de grupo”, completa Jeff. Todos os mentores receberão uma bolsa-auxílio e as inscrições podem ser feitas neste link: docs.google.com/forms.

A atuação do PAQ começa com a jornada de imersão, em que os jovens são introduzidos ao mundo tech e aprendem as chamadas soft skills (habilidades comportamentais), são apresentados a ferramentas de trabalho e participam de momentos de networking com profissionais. Após este período, os educandos participam de cursos nas áreas escolhidas em instituições parceiras, com apoio de investidores. Durante as aulas, recebem suporte de mentores voluntários e ainda ficam mais próximos de oportunidades de estágio e trainee. 

Para colocar seus projetos em prática, a ONG também forma educadores dentro das periferias, que replicam a Metodologia PAQ. A organização também tem movimentado a economia da periferia da região. Desde o início das atividades, já foram injetados indiretamente cerca de R$ 535 mil/ano nas comunidades onde o PAQ está inserido.

Fonte: Redação SC Inova, com informações do PAQ

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital

No Brasil, os investimentos no último ano totalizaram 455 negócios e um volume aportado de US$ 1,9 bilhão. Com base nesses dados, o país representou 61,2% dos investimentos na região latino-americana em termos de quantidade de negócios.

Ao considerar as 455 rodadas mapeadas, o número indica uma redução de 51,1% no volume de deals em comparação com o ano anterior. Em termos financeiros, o último ano também apresenta uma diminuição significativa de 56,8%.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore