fbpx

Ponta de flecha milenar feita de meteorito é encontrada na Suíça

Com cerca de três mil anos de idade, a ponta de flecha encontrada na Suíça teria sido feita a partir de um meteorito que caiu na Estônia
Crédito: Thomas Schüpbach/Journal of Archaeological Science

Um artigo publicado esta semana no periódico científico The Journal of Archaeological Science descreve a descoberta de um artefato da Idade do Bronze que teria sido feito de um material extraterrestre. Trata-se de uma ponta de flecha com idade estimada em cerca de três mil anos encontrada na Suíça, cuja matéria-prima seria ferro meteorítico, segundo os arqueólogos.

O objeto foi encontrado nas redondezas do Lago de Bienna, que fica na fronteira entre as partes de língua alemã e francesa do país. Pesando 2,9 gramas e medindo 39,3 milímetros de comprimento, a ponta de flecha foi rastreada até um assentamento chamado Mörigen, que existiu entre 900 e 800 a.C. (ou Antes da Era Comum, na designação acadêmica).

De acordo com os autores do estudo, a natureza meteorítica do ferro foi confirmada pela presença de isótopos de alumínio-26, que só estão presentes em objetos originários além da atmosfera terrestre. Uma liga particular de ferro e níquel que ocorre apenas em meteoritos também foi detectada no artefato.

Resíduos deixados por um adesivo antigo – provavelmente alcatrão de bétula – indicam que a ponta de flecha provavelmente estava presa a um eixo. Não está claro, porém, se a arma foi usada para caça ou em combate.

Meteorito usado na fabricação da ponta de flecha

Como a antiga região Mörigen está localizada a menos de 8 km do local onde foi encontrado o meteorito Twannberg, ele pareceria ser o candidato óbvio a fonte do ferro usado na confecção da lança. No entanto, após analisar a relíquia, os pesquisadores descobriram que as concentrações de níquel e germânio não correspondiam às daquela rocha.

Após uma inspeção mais detalhada, eles determinaram que a arma foi forjada a partir de um tipo de rocha espacial classificada como meteorito IAB. A composição mineral sugere que o objeto celeste tinha uma massa pré-atmosférica de pelo menos duas toneladas.

Ferro meteorítico Kaalijarv, a mais provável matéria-prima usada na produção da ponta de flecha milenar encontrada na Suíça. Crédito: Carsten Olsen – Flickr

“Entre os grandes meteoritos IAB da Europa, três têm uma composição química consistente com a ponta de seta de Mörigen: Bohumilitz (na República Tcheca), Retuerte de Bullaque (na Espanha) e Kaalijarv (na Estônia)”, diz o artigo. Destes, apenas o último impactou durante a Idade do Bronze, o que o torna a matéria-prima mais candidato da ponta de flecha.

Estima-se que o meteorito Kaalijarv tenha caído entre 1870 e 1440 a.C. e que fragmentos da rocha podem ter sido distribuídos entre as comunidades próximas ao impacto. Dado que Mörigen está a cerca de 1.600 km de distância, os pesquisadores dizem que sua descoberta “demonstra que meteoritos de ferro foram usados e comercializados há mais de três mil anos na Europa Central”.

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore