fbpx

Primeira fábrica no espaço começa a produzir

A fábrica espacial da startup Varda Space conseguiu produzir cristais de ritonavir, medicamento usado no tratamento de HIV.
(Imagem: Divulgação/ Rocket Lab)

No mês passado, a startup da Califórnia, Varda Space, colocou em órbita a primeira fábrica espacial da história com o objetivo de produzir medicamentos e retorná-los à Terra.

Recentemente, a empresa anunciou que conseguiu produzir o primeiro medicamento da instalação espacial.

“Pela primeira vez, o processamento orbital de drogas aconteceu fora de uma estação espacial administrada pelo governo. Nossa cristalização de Ritonavir parece ter sido nominal.”

“Este é o nosso primeiro passo na comercialização de microgravidade e na construção de um parque industrial em LEO.”

Varda Space, no Twitter.

A fábrica foi lançada em 12 junho pelo foguete Falcon 9 da SpaceX. O experimento de fabricação de medicamentos durou 27 horas, sendo concluído em 30 de junho. Nesse período, a instalação da minifábrica conseguiu criar cristais de ritonavir, medicamento usado no tratamento de HIV.

Por que produzir no espaço?

O espaço permite que estruturas cristalinas de proteínas se formem rapidamente. Na Terra, o processo de formação de cristais utilizados nos medicamentos é mais complexo por conta da força gravitacional.

De acordo com as análises baixadas do satélite, o processo no espaço obteve sucesso:

“Uma das partes críticas do processamento farmacêutico é a capacidade de manter faixas de temperatura adequadas por longos períodos de tempo. Foi exatamente de acordo com nossas expectativas, o que é realmente ótimo de se ver.”

Delian Asparouhov, fundador da Varda Space, em entrevista à Ars Technica.

O que vem a seguir

Com o sucesso na produção desse primeiro recurso, a empresa se prepara para reentrar com os materiais na Terra.

A equipe da Rocket Lab, responsável pelo controle da missão, enviará um comando para liberar o satélite W-Series 1 da Varda Space que está amarrada a plataforma orbital Photon para que ele retorne a atmosfera da Terra.

Fonte: Olhar Digital | Por William Schendes, editado por Lucas Soares 

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore