fbpx

NASA escuta “batimento cardíaco” após perder contato com Voyager 2

A Voyager 2 perdeu contato com a Terra depois de um desvio acidental de sua antena, felizmente a comunicação deve ser restabelecida em breve
Credito: JPL/ NASA

Uma semana depois de perder o contato com a Voyager 2, as equipes da NASA conseguiram ouvir um sinal de “batimento cardíaco” da sonda. Isso pode permitir que a agência reestabeleça contato com a espaçonave que viaja há mais de 40 anos no espaço.

“Um pouco como ouvir o ‘batimento cardíaco’ da espaçonave, confirma que a espaçonave ainda está transmitindo, o que os engenheiros esperavam”, twittaram funcionários do JPL.

O sinal foi cortado de forma acidental pela NASA durante uma série de manobras realizadas no dia 21 de julho, quando acidentalmente a antena da sonda se inclinou cerca de dois graus de distância da Terra.

Agora, a agência espacial tenta mover a antena novamente para o local correto, e o novo sinal pode ajudar nisso. Caso a movimentação falhe agora, em outubro a Voyager 2 tem uma série de manobras automáticas programadas, quando deve virar a antena novamente para o nosso planeta.

Sistemas da Voyager 2

Os dados enviados pela Voyager 2 são recebidos pela antenas da rede Deep Space Network (DSN), também da NASA, localizadas nos Estados Unidos, na Espanha e na Austrália. Além dessa missão, os radiotelescópios do sistema também oferecem suporte a outras missões distantes no nosso Sistema Solar.

Atualmente, a Voyager 2, lançada em agosto de 1977, está a cerca de 20 bilhões de quilômetros de distância da Terra e essa não é a primeira vez que perdemos a comunicação com a sonda.

Em 2020, a NASA ficou sete meses sem receber dados da sonda devido a um problema no radiotelescópio do DSN localizado em Canberra, na Austrália. Os transmissores de rádio da antena não recebiam reparos desde quando foram construídos, há cerca de 50 anos atrás.

Compartilhe este conteúdo

Conteúdos Relacionados

Siga a Ascenda Digital
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore